Notícias

EVEN ENCERRA O PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2007 COM UM AUMENTO DE 88,6% NA RECEITA LÍQUIDA EM RELAÇÃO AO MESMO PERÍODO DO ANO ANTERIOR.

Margem Bruta atinge 37,9%, crescendo 9,9 p.p. em relação ao 1T06.

São Paulo, 14 de maio de 2007 – A Even Construtora e Incorporadora S.A. – EVEN (Bovespa: EVEN3), uma das maiores incorporadoras e construtoras do Brasil, com foco nos empreendimentos comerciais e residenciais para os públicos de classes média e média-alta, anunciou seus resultados do primeiro trimestre de 2007 (1T07). As informações financeiras e operacionais a seguir, exceto onde indicado o contrário, são apresentadas em Reais (R$) e de acordo com as práticas contábeis brasileiras.

Destaques

  • A Even concluiu o processo de abertura do seu capital, emitindo, até maio de 2007, 40.000.000 de ações ordinárias e convertendo as debêntures em 8.276.150 de ações, com capitalização de R$507,6 milhões ao caixa.
  • A Receita Líquida da Companhia foi de R$ 69,5 milhões: 88,6% superior ao mesmo período de 2006.
  • A Margem Bruta cresceu 9,9 p.p. em relação ao 1T06, atingindo 37,9%.
  • As vendas contratadas totais atingiram o montante de R$ 212,4 milhões (crescimento de 58% sobre 1T06).
  • O Land Bank da Companhia atingiu um volume potencial de R$ 3.276,9 milhões de lançamentos.
  • A Even manteve sua estratégia de expansão geográfica, através das seguintes ações:
    • Parceria para atuação na região Nordeste, com a empresa Capuche – Natal, RN.
    • Desenvolvimento de negócios na Região Metropolitana de Belo Horizonte, em conjunto com a empresa Brisa.
    • Aquisição de terreno em São José dos Campos, SP, para incorporação própria.
  • Aumento das despesas comerciais como percentual da Receita Líquida para 13,1% no 1T07, resultado da apropriação das despesas com lançamentos anteriormente à suas receitas.
  • Aumento das despesas gerais e administrativas para R$ 7,6 milhões no 1T07, antecipando a estrutura necessária da Companhia para o crescimento esperado.

Despesas tributárias não recorrentes impactaram o resultado em R$ 3,1 milhões no 1T07.

Para maiores informações, clique aqui.